Porto da Folha recebe a equipe do Procon Sergipe durante a terceira edição do ‘Sergipe é aqui’.

Projeto itinerante do Governo do Estado aconteceu na sexta-feira, 14

O município de Porto da Folha, distante 190 km da capital sergipana, recebeu aproximadamente 150 ações e serviços ofertados por mais de 20 secretarias e órgãos do Governo do Estado à população, na sexta-feira, 14. A Secretaria de Justiça e de Defesa do Consumidor (Sejuc) levou à cidade todos os serviços oferecidos pelo Procon Sergipe.

Durante o evento, realizado no Centro de Excelência Governador Lourival Batista, a população conseguiu abrir reclamações e denúncias, realizar consulta sobre direitos do consumidor, receber orientações sobre compras de produtos e contratação de serviços, além de dar entrada no pedido de renegociação de dívidas. 

A secretária de Justiça e de Defesa do Consumidor, Viviane Pessoa, destacou a importância do projeto ‘Sergipe é aqui’ e da interiorização dos serviços oferecidos pelo Governo do Estado.

“Levar os serviços das secretarias estaduais para as cidades do interior de Sergipe é levar mais comodidade para essas pessoas. Uma vez que são mais de 100 serviços oferecidos ao longo do dia e mais uma vez a Sejuc se faz presente, trazendo todos os serviços do Procon para a população de Porto da Folha. E, assim, faremos em todas as cidades por onde o Governo do Estado levar o Sergipe é aqui. Essa é uma oportunidade das pessoas realizarem o atendimento presencial, mas elas também podem ter acesso a vários serviços do Procon por meio do site do órgão”, pontuou a secretária. 

A diretora do Procon Sergipe, Raquel Martins, destacou a presença do Procon Estadual em mais uma edição do projeto do Governo do Estado reforçando o papel do órgão na defesa do consumidor. “Mais uma vez o Procon Sergipe marca presença nesse grande evento que é o Sergipe é aqui. Estamos participando pela terceira vez, auxiliando não só os moradores de Porto da Folha, mas também de toda a região, sobre os seus direitos enquanto consumidores e prestando todos os serviços que essas pessoas teriam em um local de atendimento fixo do nosso órgão”, comentou Martins.

Última atualização: 17 de abril de 2023 10:18.