Procon/SE fiscaliza estabelecimentos comerciais que vendem comidas típicas em Aracaju

O Procon/SE esteve em visita a estabelecimentos comerciais que estão vendendo comidas típicas da época junina em Aracaju. Os fiscais da instituição estiveram nos locais nessa segunda-feira (20).

O primeiro estabelecimento visitado foi um posto de combustíveis da Zona de Expansão cuja delicatessen estava com uma barraca de comida típica. O Código de Defesa do Consumidor estava visível e havia precificação.

Porém, havia um balcão que estava vendendo suco de laranja, mas apenas com o preço e sem informações sobre o momento em que foi extraído. O estabelecimento comercial recolheu o produto e fez a readequação, sendo confeccionado um auto de constatação.

Já em outra delicatessen, foi verificado que a precificação, a data de validade e a disponibilidade do Código de Defesa do Consumidor (CDC) estavam em conformidade com as normas, sendo deixado apenas um termo de visita.

Em uma delicatessen no Bairro Luzia, nos produtos fiscalizados, não havia a data de fabricação e nem a de validade, assim como não tinha a tabela de precificação. Assim, foi feito o auto de constatação com prazo de 48 horas para resolução.

Última atualização: 21 de junho de 2022 13:18.